Dia do Agricultor: uma data para celebrar os frutos do nosso trabalho

Produção rural brasileira deve alcançar R$ 1,22 trilhão neste ano

Comemora-se hoje, 28 de julho, o Dia do Agricultor! Esta data tão importante para o agronegócio brasileiro nasceu em 1960, criada pelo presidente Juscelino Kubitschek para celebrar os 100 anos do Ministério da Agricultura.

Sobre a mesa de cada família do nosso país, do café da manhã à ceia da noite, é possível ver os frutos do trabalho de muitas mãos, que com garra e coragem, movimentam a nossa economia e fazem do Brasil o quarto maior exportador mundial de produtos agropecuários, gerando uma renda de aproximadamente 100,7 bilhões de dólares ao ano.

Em 2020, a soma de bens e serviços gerados no agronegócio chegou a R$ 1,98 trilhão, que corresponde a 27% do PIB brasileiro. 70% desse valor vem do ramo agrícola, com cerca de R$ 1,38 trilhão. O café, a soja, o suco de laranja e o açúcar são os carros chefes da produção brasileira, que fazem do país o maior produtor mundial desses produtos.

Fonte: Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

Os últimos 40 anos foram essenciais para o crescimento do agronegócio nacional, que deve a sua eficiência e agilidade ao surgimento da tecnologia agrícola. Desde então, muita coisa mudou e para melhor: afinal, a prosperidade do nosso país é, em grande parte, resultado da economia agropecuária.

Para nós, é motivo de orgulho fazer parte desse movimento tão promissor e, acima de tudo, contribuir para o desenvolvimento dos produtores agrícolas, desde a agricultura familiar, até os grandes exportadores. 

A Pisani parabeniza a todos os agricultores que, apesar dos contratempos, produzem nosso alimento, geram empregos e superam os desafios que esta profissão apresenta. Feliz Dia do Agricultor!

Aprenda a decorar usando caixas plásticas

Aprenda a decorar usando caixas plásticas

Você já pensou em decorar usando caixas plásticas? Neste texto, você vai conferir algumas inspirações e dicas para utilizar esses objetos e dar um up nos seus ambientes Tudo isso com um investimento reduzido. 

Continue a leitura!

Quais são as vantagens de decorar usando caixas plásticas?

 

Antes de tudo, vamos falar sobre as vantagens de decorar usando esses objetos. Confira as principais:

 

Economia: as caixas plásticas são uma ótima opção para quem deseja economizar na decoração. Comprando novas ou usadas, elas custam muito mais barato do que móveis ou itens decorativos.

Fáceis de higienizar: por serem fabricadas de plástico, o indicado para a limpeza é usar água, sabão e uma esponja.

Variedade de modelos e tamanhos: existe uma infinidade de modelos e tamanhos disponíveis. Dessa forma, você poderá escolher aquelas que mais fizerem sentido com a sua decoração e criar combinações diferenciadas usando a criatividade.

Variedade de cores: além dos modelos e tamanhos, existe uma grande variedade de cores disponíveis, podendo ser adequadas à sua proposta de decoração.

Sustentabilidade: utilizado as caixas plásticas de forma inteligente, você evita que mais plástico seja descartado na natureza. Além disso, empresas como a Pisani Plásticos realizam a reciclagem desses materiais, produzindo outras caixas plásticas a partir desses produtos.

Usabilidade: muito além de guardar objetos, as caixas plásticas podem ser usadas para diversas finalidades. Neste texto você vai conferir muitas ideias!

 

Ideias de decoração com caixas plásticas

Como base para a cama

imagem: Buji

Que tal usar caixas plásticas como base da sua cama? Além de ficar lindo, é uma forma de economizar na compra do box! Lembre-se de escolher modelos de qualidade, com resistência para suportar o seu peso por muitas horas durante o sono.

Como base para sofá 

imagem: Revista Minha Casa

Seguindo a mesma ideia da cama, as caixas também podem ser usadas como sofás, basta investir em uma cobertura confortável e algumas almofadas para decorar.

Como gaveta em aparador

 
imagem: Casa Vogue

As gavetas são grandes facilitadoras na organização. Então que tal utilizar as caixas plásticas para essa finalidade? Visto que existem diversos tamanhos de caixas, você pode medir os espaços disponíveis em seu aparador e adquirir caixas que se encaixem perfeitamente neles, como na imagem acima.

Divisor de ambientes

 
imagem: Casa Claudia

Quer dividir os ambientes da sua casa ou escritório, mas não quer construir paredes? Uma ótima opção é utilizar caixas plásticas, como na imagem acima! Perceba que, além de servir como uma separação para a sala e o quarto, as caixas são usadas como prateleiras para diversos itens e como suporte para a televisão. 

imagem: Pisani / Divulgação

A própria Pisani usa esse recurso arquitetônico em seus estandes de feira e eventos. Na Festa da Uva, por exemplo, criamos um LOUNGE PISANI, onde os visitantes desta importante feira nacional podiam descansar e carregar seus celulares, sentados nas arquibancadas criadas com caixas da Pisani. Ficou curioso para ver mais? Acesse esse vídeo no YouTube e confira o resultado! 

 

É uma proposta contemporânea, disruptiva e super agradável visualmente. Incrível, não é mesmo?

Como módulos

 
imagem: Buji

Fixadas nas paredes, as caixas plásticas funcionam como módulos para decorar e organizar diversos objetos, como brinquedos, livros e quadros.

No closet

 
imagem: do.edu

Investir em um mobiliário sob medida para o seu closet pode demandar um investimento significativo. Dessa forma, utilizar caixas plásticas para a construção das prateleiras pode ser uma ótima opção! 

Você pode optar por caixas da mesma cor, como na imagem, ou mesclar várias cores, criando um efeito divertido. Outra ideia é deixar alguns espaços “vazios” para inserir peças em cabides.

 

Decoração de jardim

 
imagem: Revista Trip

Nos espaços ao ar livre as caixas plásticas também ficam incríveis! Elas podem ser utilizadas como banquinhos, basta inserir um assento para garantir conforto, seguindo a  mesma lógica do sofá citado acima. 

Uma das vantagens é que, por ser de plástico, a caixa pode ficar exposta às ações do tempo. Mas certifique-se de que o tecido utilizado no assento também suporte a chuva e o sol.
 
 
Então, gostou das dicas? Que tal aplicá-las na sua reforma? A Pisani é a maior produtora de caixa de embalagens plásticas retornáveis da América Latina. Em nosso site você pode conferir nossa grande variedade de modelos de caixas. Para descobrir onde encontrar nossos produtos, clique em “Como Comprar” e encontre um representante (grande quantidade) ou um distribuidor (pequena quantidade) mais próximo a você.

Deixe um comentário

Compartilhe este post

Share on linkedin
LinkedIn

Posts recentes

Por que participar de feiras de negócios?

Por que participar de feiras de negócios?

As feiras de negócio são uma estratégia mercadológica que tem dois principais objetivos: captar clientes e entender as suas necessidades. Além disso, as feiras também são assertivas para promover ações de relacionamento e apresentar novidades ao mercado. É uma ótima estratégia tanto para grandes negócios, quanto para médios, pequenos e micro.

A participação de todas as áreas da empresa nas feiras é essencial, visto que elas permitem estratégias diferentes, que podem ser interessantes sob diversos aspectos. O marketing pode usar a feira como estratégia para divulgar uma nova marca, o comercial pode prospectar novos clientes, etc.

O mercado está em constante mudança, sempre se adaptando às exigências dos consumidores. As empresas precisam acompanhar essas mudanças, para se manterem relevantes e atenderem às necessidades do público. A Pisani está atenta a isso e já confirmou presença em três importantes feiras em 2021, e na Mercoagro que acaba de ser transferida para o primeiro trimestre de 2022.  As feiras são:

A Mercoagro é uma feira que ocorre em Chapecó/SC. A feira é uma grande geradora de crescimento do setor agropecuário brasileiro, pois ao difundir tecnologias e conhecimentos e gerar aproximação entre fornecedores e consumidores, desenvolve a economia. A Mercoagro fomenta negócios e interliga empresas em network, tanto no mercado nacional, quanto no internacional.

A Mergoagro é uma grande oportunidade, também, para o setor da carne, com líderes do segmento de diversos países. Ela está localizada em um dos principais pólos agroindustriais do mundo, a cidade de Chapecó/SC, na região da maior concentração de frigoríficos, onde surgiram as maiores indústrias de agronegócio do Brasil.

A Pisani participará da feira apresentando suas soluções em plástico para o setor agropecuário!

Clique aqui e saiba mais sobre a feira. 

A Fispal é uma feira para quem deseja abrir uma pequena fábrica ou já trabalha na Indústria de Alimentos; Bebidas e Embalagem. O propósito da feira é contribuir para a inovação na indústria alimentícia brasileira, ajudando a indústria e os novos empreendedores a enfrentar os desafios e atender as demandas cada vez mais exigentes dos consumidores.

Em 2021, a feira ocorrerá de 22 a 25 de junho, na São Paulo Expo, SP. A Pisani participará apresentando suas soluções em plástico para o setor alimentício, como garrafeiras, embalagens, bandejas e muitos outros produtos.

Clique aqui e saiba mais sobre a feira. 

O Brasil é um dos maiores fornecedores de proteína animal do mundo, com foco nas carnes bovina, suína e de aves. Com as evoluções do mercado, fornecedores estão tendo que criar e implantar tecnologias para buscar precisão e produtividade, buscando atender as necessidades do mercado. A III Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal (Expomeat) é uma feira completa da indústria da carne, que reúne toda a cadeia em um só lugar. A tarefa da feira é estabelecer a conexão entre os fornecedores com o processamento da proteína animal, concentrando em um mesmo local a disponibilidade de todos os serviços e produtos.

O evento será de 21 a 23 de setembro de 2021, no Pavilhão de Exposições Anhembi, em São Paulo/SP. A Pisani participará apresentando suas soluções em plástico para o setor.

Clique aqui e saiba mais sobre a Expomeat.

A Movimat é o mais completo evento que reúne toda a cadeia de intralogística e supply chain da América Latina. A feira é realizada junto à Fenatran, e reúne compradores da indústria, distribuição, atacado, varejo e comércio eletrônico, além de soluções integradas voltadas à indústria 4.0. 

A feira ocorre de 18 a 22 de outubro de 2021, na São Paulo Expo, SP. A Pisani estará expondo no evento suas soluções em plástico para o setor de logística.

Clique aqui e saiba mais sobre a Movimat.

Deixe um comentário

Compartilhe este post

Share on linkedin
LinkedIn

Posts recentes

O Comércio Exterior em tempos de Coronavírus


Em meados do mês de março de 2020, a Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou o novo Coronavírus como pandemia, após mais de 115 países confirmarem casos de infecção. Diante de um cenário de incertezas, e de um mundo em transformação, fica evidente a necessidade de as empresas reinventarem as suas formas de pensar e fazer negócios.

Cada vez mais, as empresas deverão se valer da transformação digital para se aproximarem dos clientes. O cliente quer agilidade de resposta e obter as informações de produtos com um clique na web. Assim, a entrega de valor no mundo virtual tornou-se uma necessidade.

Algumas flexibilizações na parte burocrática dos processos já estão acontecendo, devido a este momento de pandemia, como, por exemplo, a não-exigência de documentos originais em meio físico na liberação das cargas no despacho aduaneiro, amparada pelo Decreto n° 10.278, de 18 de março de 2020. Além disso, o governo zerou o imposto de importação, de acordo com a Resolução nº 17 de 17 de março de 2020, para itens de combate ao Coronavirus, e facilitou a importação, permitindo que após o registro da declaração de importação, o importador poderá obter a entrega dos produtos antes da conclusão da conferencia aduaneira. Isso tudo traz mais dinamismo num setor marcado pelos desafios da burocracia.

Por outro lado, algo que não irá mudar, é a necessidade de se diferenciar e criar valor para os produtos. As empresas que se prepararem para a retomada da economia e que souberem aproveitar as oportunidades que serão criadas, adaptando-se para as mudanças que essa situação acarretará, irão se destacar no mercado global.

Fazendo um link com a mais recente postagem que fizemos no blog da Pisani , em um momento em que é permitido o trabalho home office, na maioria das organizações, já se ouve que este formato de trabalho amplia ainda mais seu conceito para o chamado “anywhere office”: atendimento ao cliente em qualquer lugar do mundo, utilizando a internet, na “palma da mão” e em qualquer horário.

Essa é uma realidade irreversível no mundo dos negócios, e em especial, nos negócios internacionais, por conta da diferença de fuso horário entre os países, velocidade dos negócios e da concorrência global.

Monique Susin Perosa

é Analista de Comércio Exterior, na Pisani Plásticos S/A. 

https://www.linkedin.com/in/monique-susin-perosa-a56b033a/

Deixe um comentário

Compartilhe este post

Share on linkedin
LinkedIn

Linkedin-in

Posts recentes

Visite nossas redes sociais


Facebook-f


Instagram


Youtube


Linkedin-in

Vou trabalhar em home office! E agora?

Vou trabalhar em home office! E agora?

A Pisani Soluções em Plástico convidou o consultor Adriano Abreu para dar dicas de como fazer do home office um ambiente eficaz.

Você sabe quantos brasileiros trabalham em home office, como prática de modelo de negócio? Um levantamento divulgado em 2019 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que, em 2018, 3,8 milhões de brasileiros trabalhavam dentro de casa, o chamado home office. Trata-se do maior contingente de pessoas nesta condição de trabalho, no Brasil, e com patamares semelhantes em 2019.

Com a pandemia do Covid-19, um número ainda mais de pessoas, ao redor do mundo, teve que experimentar esse modelo de trabalho, mesmo que de forma temporária. Passado o momento de crise que estamos vivendo, ficará certamente a experiência de uma jornada em casa, que exige uma mudança de comportamento para garantir produtividade e bem-estar tanto para o profissional, quanto para a família, que também está de quarentena.

A Pisani Soluções em Plástico convidou o especialista em Desenvolvimento Humano e Organizacional, Adriano Abreu, para dar dicas importantes de como criar uma rotina no trabalho em home office. Com exclusividade para o Blog ele passou as seguintes orientações:

Dicas para o home office eficaz:

1ª – Monte o seu escritório – se você não está habituado a trabalhar em casa, o ideal é escolher um cômodo onde terá mais tranquilidade e conseguirá manter o foco do seu trabalho sem as interrupções comuns das pessoas da sua família.

2º – Defina bem o seu horário de trabalho – um dos maiores erros de quem está atuando em home office é achar que por estar em casa pode trabalhar a qualquer hora. Manter a rotina do escritório é uma boa opção. Uma dica importante é fazer uma pausa durante os momentos de trabalho.

Existe a Técnica Pomodoro que consiste em marcar em um cronômetro 45 minutos, onde você coloca todo foco e energia no que está fazendo e quando o cronômetro toca o alarme você faz uma pausa de 15 minutos. Sua produtividade irá aumentar bastante.”

 

Benefícios da Técnica Pomodoro

  • Aumenta o foco e a concentração ao reduzir as interrupções;
  • Aumenta a consciência das suas decisões;
  • Aumenta a sua motivação e a mantém constante;
  • Torna grandes projetos menos assustadores de serem realizados;
  • Encoraja a sua decisão de agir para concluir pequenos passos;
  • Alivia a ansiedade.
  •  

 

3º – Mantenha o autocuidado – Não deixe de cuidar de você. Logicamente, não há a necessidade de você trabalhar de terno e gravata, mas é importante você seguir a rotina que tinha antes do confinamento. Se você tomava banho ao levantar, preparava seu café e depois seguia para sua empresa, todo esse ritual deve ser mantido, isso te aproximará da sua rotina anterior e trará uma boa sensação para o seu cotidiano.

4º – Positividade e otimismo – durante a pandemia, a tendência é que estejamos ligados 24 horas nas desgraças que os jornais estão divulgando.

 

“Não, minha ideia não é deixá-los alheios aos fatos, mas sim orientar para que as informações sejam consumidas com cuidado uma ou duas vezes ao dia. Se você tem dificuldade de manter a concentração e o otimismo, durante o uso da Técnica Pomodoro, coloque músicas no YouTube ligadas à concentração.”

 

Para ajudar você ainda mais a tornar a sua rotina em home office produtiva, a Pisani Soluções em Plástico listou diversas plataformas que oferecem ferramentas de gestão de equipes à distância ou para conferências online. A boa notícia é que nesta quarentena imposta mundialmente pelo Covid-19, estas plataformas estão abrindo diversas funcionalidades pagas para que você possa usufruir delas (e fazer uma degustação, claro!) neste período, sem custo.

Confira as principais plataformas online com serviços gratuitos nesta quarentena:

 

 

Adriano  Abreu

“Minha principal função é inspirar, inovar, provocar, identificar e desenvolver talentos com o DNA das empresas despertando diferentes formas de pensar e agir.” Adriano Abreu é Mestre em Administração de Empresas pela Universidade de Caxias do Sul. 

https://www.linkedin.com/in/adrianoabreu/

Deixe um comentário

Compartilhe este post

Share on linkedin
LinkedIn

Posts recentes

Você sabe o que é “economia circular?”

Você sabe o que é “economia circular?”

Muitas vezes escutamos algumas expressões que ganham força, mas que não sabemos explicar com precisão do que se trata. Então, se você já tiver escutado várias vezes assuntos sobre “economia circular”, mas não tiver domínio total do que se trata, não se preocupe! Vamos te explicar em seguida!

A primeira definição básica que você encontra no manifesto da fornecedora de matéria-prima da Pisani, a Braskem, é que na “Economia Circular nada se desperdiça, tudo se transforma”.  

O modelo econômico ‘extrair, transformar, descartar’ da atualidade está atingindo seus limites físicos. A economia circular é uma alternativa atraente que busca redefinir a noção de crescimento, com foco em benefícios para toda a sociedade. Isto envolve dissociar a atividade econômica do consumo de recursos finitos, e eliminar resíduos do sistema por princípio. Apoiada por uma transição para fontes de energia renovável, o modelo circular constrói capital econômico, natural e social.

Fundação Ellen MacArthur

Fomos buscar a citação acima na Ellen MacArthur Foundation, estabelecida em 2010 com a missão de acelerar a transição rumo a uma economia circular. Desde a sua criação, a Fundação se tornou uma das líderes globais de pensamento, inserindo a economia circular na agenda de tomadores de decisão em empresas, governos e na academia.

Para saber mais acesse: https://www.ellenmacarthurfoundation.org/pt/economia-circular-1/conceito

A economia circular se baseia em três princípios:

· Eliminar resíduos e poluição por princípio

· Manter produtos e materiais em ciclos de uso

· Regenerar sistemas naturais

 

Nada se perde tudo se transforma…

Ser sustentável é aplicar todas as soluções para não prejudicar o meio ambiente. Nós, da Pisani, trabalhamos apenas com embalagens plásticas retornáveis, ou seja, quando as embalagens saem de uso – depois de um longo ciclo de vida -, elas retornam para a fábrica, onde são recicladas e se transformam em novos produtos.

As inovações em plásticos são essenciais para permitir que a sociedade eleve os padrões de qualidade de vida e melhore a sustentabilidade por meio de produtos que evitem o desperdício e aumentem a eficiência. É por isso que é amplamente reconhecido que os plásticos têm um papel crucial a desempenhar na entrega de um futuro mais sustentável. Por meio de sua combinação exclusiva de leveza, baixo custo e durabilidade, os plásticos já contribuem para a redução de emissões de gases de efeito estufa e o uso mais eficiente de recursos naturais, como energia e água. O plástico também assegura a produtividade agrícola, a segurança alimentar e a higiene hospitalar. É utilizado em diversos setores para aplicações cotidianas.

Como resultado de sua versatilidade e capacidade de inovação, os materiais plásticos também são mais adequados para apoiar as tecnologias sustentáveis inovadoras.

Junto às indústrias como a Pisani Soluções em Plástico, a Braskem está comprometida em apoiar o crescimento da reciclagem em todos os lugares em que opera, a partir de ações que desenvolvam a economia circular, ou seja, como projetamos, fabricamos, utilizamos, reciclamos, recuperamos ou reutilizamos os plásticos.

No site da Braskem você também encontra esta reflexão importante sobre as inovações em plástico. https://www.braskem.com.br/economiacircular

A ideia da Economia Circular vai além do conceito dos três “R”s – reduzir, reutilizar e reciclar, isso porque ela reúne, pelo menos na teoria, o modelo sustentável com o ritmo tecnológico e comercial do mundo atual.

 

Economia Circular: conceitos e estratégias para fazer negócios de forma mais inteligente, sustentável e lucrativa

 

Catherine Weetman (autoria), Afonso Celso da Cunha Serra (tradução).

Em 2030, estima-se que a população mundial terá alcançado o patamar de 9 bilhões. Isso significa que serão quase 3 bilhões a mais de pessoas consumindo uma variedade de produtos e serviços. Para lidar com a eminente exaustão de vários recursos naturais, aliada aos problemas decorrentes do excesso de resíduos gerados por um consumo dessa magnitude, impõe-se um novo paradigma de negócios: a economia circular.

Em Economia Circular: conceitos e estratégias para fazer negócios de forma mais inteligente, sustentável e lucrativa, Catherine Weetman estabelece as bases deste conceito que vem ganhando força em todo o mundo. A autora oferece uma perspectiva estratégica para que empresas e organizações se ajustem a fim de enfrentar essa nova realidade.

Indo muito além do conceito tradicional de sustentabilidade, passando por temas como economia compartilhada e outras questões pertinentes, Economia Circular é um verdadeiro mapa de oportunidades para as próximas décadas. Este é o primeiro livro em língua portuguesa com a devida extensão e profundidade que um tema dessa relevância merece.

A economia circular é a nova arena na qual os mais diversos tipos de negócios estarão inseridos num futuro próximo. Portanto, esta é uma leitura indispensável para todos os profissionais e estudiosos do universo corporativo.

Páginas: 512 • Formato: 16 x 23 cm • Acabamento: Capa Dura • Título original: A Circular Economy Handbook for Business and Supply Chains • ISBN: 9788551305140 • Código: 13802 • Autêntica Business • Edição: 1 • Mês/Ano de publicação: 05/2019

 

 

Deixe um comentário

Compartilhe este post

Share on linkedin
LinkedIn

Posts recentes